REFÚGIO

comunicação, tecnologia e outros devaneios

Zombie Strippers

leave a comment »

Download – RMVB – DVDRip – 340 mb

O gênero de cinema de “zumbis” nunca vai morrer. A mente criativa de algumas pessoas sempre é capaz de reviver o estilo com algo surpreendente. Desde que George Romero fez os mortos andarem em 1968, com “A Noite dos Mortos Vivos”, esse estilo ganhou várias versões, tanto zumbis humano, quanto (e até mesmo) com animais. E foi nessas modificações que a coisa descambou de vez para o trash. E isso não foi ruim. Pelo contrário, isso tirou dos produtores a responsabilidade com a história, para então poder focar nos elementos apelativos – ou seja, a diversão pelas formas mais estranhas das infestações ou mortes acontecerem. Eis então que surge no mundo cinematográfico Zombie Strippers (2008).

Vai uma dança no colo aí, patrão?”

Tudo (como sempre) começa quando um vírus criado por militares sai da contenção de um laboratório. A diferença, dessa vez, é que o vírus tem uma peculiaridade: ele reage de forma diferente no organismo masculino e no feminino. Após uma operação de limpeza nas instalações científicas, um “semi-zumbi” acaba escapando e parando em um clube de stripers. Lá ele encontra muita carne à mostra (se é que me entendem) e acaba infectando uma das garotas.

“Preste atenção nos olhos! Pupila dilatada ou está chapada ou morta…”

O começo, meio e fim até que seguem o esquema padrão das histórias – com direito até de uma deixa de continuação. O detalhe está nas figuras ilustres e nas cenas do filme. Os aficionados no trash/terror vão ter um momento nostalgia ao reencontrar Robert Englund (aquele que infestou nossos pesadelos como Freddy Krueger), como um cafetão da boate. Já os tarados de plantão tirarão os olhos dos grandes peitos dotes interpretativos da porn star Jenna Jameson (que, por incrível que pareça, interpreta um papel sem a “ação” que está habituada), como a stripper principal da casa de shows.

“Você já viu esse sorriso sádico e macabro em algum lugar…”

Além das habituais cenas de mutilação (com direito a muito ketchup), os zumbis desse filme criaram uma incrível capacidade de agarrar e puxar as blusas das mulheres em lugares estratégicos, para rasgar e deixar o tórax a mostra. Pode-se dizer que há um apelo sensual – que acaba assim que a carne das moçoilas começa a apodrecer. Os diálogos do filme são recheados de frases que questionam a existência, inclusive baseadas em Nietzsche, o que dá um ar muito mais peculiar a trama. Outro ponto que vale registrar é como a competição entre “quem é a mais” das mulheres continua mesmo depois da morte.

Mas você não vai precisar usar seu cérebro para assistir o filme. Zombie Strippers não é uma produção cabeça, apesar dos diálogos empolados. Não é pornô, porque não há referências ao ato e nem à necrofilia. É simplesmente um filme de zumbi bem divertido para quem gosta do gênero.


Zombie Strippers
Gênero: Terror/Comédia
Ano de lançamento: 2008
Duração: 94 minutos
Direção: Jay Lee

Joel Minusculi
Que se admira que o Tarantino não pensou nisso antes…

Anúncios

Written by Joel Minusculi

julho 20, 2008 às 5:13 am

Publicado em Cinema, Vídeo

Tagged with

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s