REFÚGIO

comunicação, tecnologia e outros devaneios

Pela internet

with 5 comments

Gilberto Gil canta “Pela Internet” na primeira transmissão ao vivo de música brasileira pela Internet, realizada na sede da IBM no centro do Rio (RJ) na tarde de sábado, 14 de dezembro de 1996.


Para ver como são as coisas: depois de uma pesquisa no Google com um trecho da música que ouvi na propaganda, depois de consultar o site do Vagalume, depois de usar o LimeWare para baixar o arquivo mp3, agora desenvolvo um pequeno post com algumas idéias sobre a obra. A música não é nova, mas, graças a campanha do banco Itaú, Pela Internet de Gilberto Gil voltou a fazer sucesso. Com mais de 10 anos (qualquer relação com os 10 anos da blogosfera é mera coincidência?!?!) e uma letra aparentemente ingênua, a composição consegue sintetizar a essência do que é vivido na internet. Confira abaixo uma livre interpretação da letra, relacionada a prática do mundo virtual.

Criar meu web site
Fazer minha home-page
Com quantos gigabytes
Se faz uma jangada
Um barco que veleje

Sim. Com o advento da internet 2.0, qualquer pessoa pode usar um dos vários serviços de hospedagem grátis ou de blogues para ter sua “ilha”, ao invés de só “nagevar” pela rede.

Que veleje nesse infomar
Que aproveite a vazante da infomaré
Que leve um oriki do meu velho orixá
Ao porto de um disquete de um micro em Taipé

A “vazante da informaré” pode ser interpretada como os links, que remetem os espaços virtuais para todos os cantos do mundo, uma espécie de corrente marítima.

Um barco que veleje nesse infomar
Que aproveite a vazante da infomaré
Que leve meu e-mail até Calcutá
Depois de um hot-link
Num site de Helsinque
Para abastecer

A capacidade de ir a qualquer canto do mundo, desde Calcutá até Helsique, em segundos, é uma das possibilidades mais fascinantes da internet – tanto que reforça aquele bordão de conhecer o mundo sem sair de casa.

Eu quero entrar na rede
Promover um debate
Juntar via Internet
Um grupo de tietes de Connecticut

Mais uma vez o conceito da internet 2.0, que, através dos comentários e diversas ferramentas de fóruns propiciaram a articulação de temas e o debate de idéias, para a construção coletiva do conhecimento.

De Connecticut acessar
O chefe da Macmilícia de Milão
Um hacker mafioso acaba de soltar
Um vírus pra atacar programas no Japão

O ciberterrorismo está em alta. Tanto que virou tema do recente Duro de Matar 4.0, que prova que um ataque desse tipo pode ser realizado de qualquer parte do mundo.

Eu quero entrar na rede pra contactar
Os lares do Nepal, os bares do Gabão
Que o chefe da polícia carioca avisa pelo celular
Que lá na praça Onze tem um videopôquer para se jogar

Com uma jogada a uma letra de Noel Rosa (Se não for, o Rogério vai me corrigir no comentário, porque foi ele quem me disse…), a letra acaba com a explicação da conectividade de ligar pessoas do mundo inteiro, seja através dos cabos ou do sinal digital.

 

Joel Minusculi
Que passou a prestar mais atenção nas letras de Gilberto Gil…

 

Anúncios

Written by Joel Minusculi

agosto 13, 2007 às 10:17 pm

Publicado em Devaneio, Internet

5 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Adorei! Parabéns!

    Eu mesma nunca havia parado para entrar qualquer música ligada a revolução tecnológica em que vivemos!

    😀

    Raquel Elena

    agosto 14, 2007 at 8:42 pm

  2. Muito bacana seu trabalho! Sua interpretação também, uma ótima idéia para aulas de português e literatura.
    Acho que a música Pelo telefone é de Donga (foi considerado o primeiro samba composto no Brasil)
    Parabéns!

    Jenny

    agosto 14, 2007 at 10:41 pm

  3. Gostei imenso do blog. Vou voltar!

    Teresa

    agosto 15, 2007 at 11:51 pm

  4. COM A LETRA DESSA MUSICA POR TER UMA VISÃO O QUANTO O AVANÇO DA TECNOLOGIA E IMPORTANTE EM NOSSAS VIDAS, A INTERNET POR EXEMPLO A QUALQUER LUGAR DO MUNDO PODEMOS NOS CONECTAR, SABER DE NOTICIAS DO MUNDO O QUE ESTA ACOTECENDO A TODO SEGUNDO.
    PARABÉNS GILBETO POR ESSA MUSICA MARAVILHOSA.

    KAMILLA

    janeiro 13, 2010 at 11:34 pm

  5. essa musica e interessante

    ana

    setembro 13, 2010 at 3:51 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s