REFÚGIO

comunicação, tecnologia e outros devaneios

Eurotrip

leave a comment »

Uma das melhores formas de aproveitar as férias é viajar, ir pelo mundo, conhecer novas culturas e locais históricos. Um passatempo altamente relaxante e sério – a menos que você esteja acompanhado de amigos loucos. Isso tudo, numa história completamente cômica, é possível conferir em Eurotrip – Passaporte para a Confusão (Eurotrip, 2004).

O filme começa na formatura de Scott Thomas (interpretado por Scott Mechlowicz), que tem planos passar as férias com a namorada Fiona (interpretada por Kristin Kreuk, a Lana do seriado Smallville). Mas, infelizmente, Scott era o único que não sabia que estava sendo traído, até a festa da formatura.

Depois de algumas doses para afogar as mágoas, Scott conversa com seu melhor amigo, Cooper Harris (interpretado por Jacob Pitts), sobre uma amizade que fizera recentemente pela internet. Com medo de Mieke, a amizade virtual residente em Berlin, ser um gay querendo aproveitar-se dele, Scott segue o conselho de Cooper e envia um e-mail não muito amigável, cortando relações.

Só que mais tarde o personagem principal descobre que na verdade Mieke (interpretada por Jéssica Boehrs) era uma garota, muito linda e afim dele. Para reparar seu erro, e numa busca pelo seu verdadeiro amor, Scott decide ir até a Alemanha. Só que, para um garoto recém formado e desempregado, a tarefa não é tão fácil.

Assim, no melhor do estilo comédia “on the road”, Scott e seu inseparável amigo Cooper vão para a Europa de forma econômica. Lá encontram mais dois amigos, os irmãos Bert (interpretado por Nial Iskhakov) e Jenny (Michelle Trachtenberg). E, depois de tudo isso, começa a longa e divertida jornada dos quatro personagens.

O que mais chama a atenção no longa é a ausência de atores famosos como protagonistas. Os locais que os personagens passam – e as “atrações” aproveitadas – não são normalmente indicados em guias de viagem ou mostrados em programas turísticos. Tudo isso, e mais o fato de questões culturais poderem ser um grande problema, faz com que qualquer viajante ocasional se identifique com os quatro amigos.

Apesar dos poucos trabalhos anteriores do diretor Jeff Schaffer e de que em alguns momentos há a apelação sexual das comédias teen – satirizada no próprio longa na cena da praia de nudismo-, a história, num roteiro leve e fluente, mostra o que realmente importa quando se está de férias: a diversão.

Eurotrip – Passaporte para a Confusão é recomendado para ser visto naqueles dias de chuva na praia, em que todos os seus amigos já estão enjoados do baralho. Serve tanto para relembrar algumas histórias parecidas, como para novas idéias de roteiro de férias – menos, é claro, viajar sozinho numa cabine de trem ou ir para uma praia de nudismo.

Eurotrip – Passaporte para a confusão (Eurotrip, 2004)
Roteiro: Alec Berg, David Mandel e Jeff Schaffer
Elenco: Scott Mechlowicz (Scott Thomas), Jacob Pitts (Cooper Harris),
Nial Iskhakov (Bert), Michelle Trachtenberg (Jenny)
Direção: Jeff Schaffer
Duração: 90 minutos
Gênero: Comédia

Written by Joel Minusculi

junho 11, 2007 às 1:33 am

Publicado em Cinema

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s